Odontologia Veterinária: Seu pet tem tártaro?

Você sabia que o seu pet também pode apresentar problemas dentários? 

Se o seu pet tem mau hálito e tártaro ele precisa de cuidados periodontais. Doença Periodontal pode atingir cães e gatos gerando dor de dente, a diferença é que eles na maior parte das vezes não reclamam e sofrem em silêncio. 

Além disso, pode gerar complicações sérias como perda de dentes e migração de bactérias para órgãos vitais (coração, fígado, pulmão e rins, por exemplo.

O que é doença periodontal?

Quando seu pet come, restos de comida ficam entre os dentes favorecendo a formação de placas bacterianas que se acumulam causando inflamação da gengiva. 

Essa inflamação faz com que a gengiva que “solte” do dente (bolsa periodontal) permitindo que as bactérias invadam a base do dente levando a destruição gradativa destas estruturas que sustentam o dente (periodontite). 

Com o tempo, o dente começa a ter mobilidade e pode cair. 

Como identificar a doença periodontal?

As manchas amarronzadas na imagem da boca do cão e no esquema representam o tártaro que é a placa bacteriana calcificada pela saliva. O tártaro torna a superfície dos dentes áspera facilitando o acúmulo ainda maior de placa bacteriana agravando a doença.

Muitos animais demonstram dor na boca, seja dor no dente ou por outras lesões como as inflamações, através do comportamento, principalmente na hora de comer ou quando são tocados na boca.

Ficar atento a alterações no comportamento do pet como ficar mais quieto, menos ativo ou deixar de brincar, evitar alimentos maiores e mais duros pode ajudar na identificação de dor de dente nos pets e procurar ajuda especializada. 

O que causa a doença periodontal?

A razão é muito simples: falta de escovação. Pode parecer besteira, mas a higienização é essencial desde filhotes, para evitar que complicações os atinjam no futuro. 

Somente com a escovação é possível deixar a superfície dos dentes lisa, dificultando o acúmulo da placa bacteriana e também facilitando sua remoção através da escovação.

Meu pet tem doença periodontal, o que fazer?

Infelizmente, não existem tratamentos que envolvam medicações. 

É necessário dar uma anestesia geral inalatória para o pet e realizar a raspagem das raízes e dentes, polimento e em casos mais graves, a extração dos dentes comprometidos.

Embora qualquer cirurgia cause receio nos donos, esse procedimento leva 1 hora e costuma ser simples. Quando a doença está em estágio avançado, pode levar 2 horas ou mais, mas normalmente o animal recebe alta no mesmo dia.

Como evitar que meu pet tenha doença periodontal novamente?

Após a remoção do tártaro, é necessário fazer reavaliações periódicas para garantir a boa saúde bucal do seu pet.

Uma boca saudável é caracterizada por ter dentes brancos, gengiva e mucosas saudáveis. Em geral, a gengiva e as mucosas são róseas, mas em alguns pacientes pode ter áreas de pigmentação escura ou serem totalmente pigmentadas. 

Agora, se você não deseja que seu cão ou gato passe por essa situação, não há como fugir. A melhor maneira de prevenir a doença é com a escovação dentária diária.

Seu pet precisa de tratamento periodontal?

Leve seu pet para fazer uma consulta no Hospital Veterinário Karu Amigo, assim é possível avaliar sua saúde e realizar o tratamento, independentemente do grau. 

Você conta com a estrutura completa para cuidar da saúde integral do seu pet, atendimento 24h e uma ampla estrutura com todos os seus serviços em funcionamento

O Hospital está localizado na zona norte de Osasco, no bairro Rochdale, rua Águas de São Pedro, n°454. Venha nos visitar! Estamos prontos para te receber.

Tem alguma dúvida ou quer agendar algum procedimento? Clique no botão abaixo para falar com a nossa equipe de atendimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post recentes

Newsletter

Fique por dentro dos temas atuais do mundo pet com o blog do Karu amigo.

Cadastre-se na nossa Newsletter